Queda capilar é normal?

Algumas pessoas se assustam ao reparar os fios na escova, após pentear o cabelo. Mas, engana-se quem pensa que alguns fios já são motivo de preocupação. “É normal que haja uma queda de até 100 fios por dia. Precisamos lembrar que o cabelo é uma matéria viva e está sempre em renovação”, explica o dermatologista Alberto Cordeiro.

Portanto, perder alguns fios diariamente faz parte do processo de renovação capilar. Quando a perda é muito grande ou já um desprendimento fácil dos fios, aí você pode se preocupar. Quebra de fibra capilar, rarefações e entradas também são motivos para procurar um especialista.

A queda capilar não é apenas resultado de produtos químicos aplicados aos fios. O problema pode ser causado por diversos fatores, como inflamatórios, genéticos, ambientais e hormonais. “O fator mais comum relacionado à queda capilar é o ambiental, onde a influência alimentar e psicológica é bem marcante”, explica.

O diagnóstico é clínico, com base na anamnese e exame físico do paciente, onde é feita a inspeção do couro cabeludo e da fibra capilar, além do teste de tração. Por meio da Tricoscopia é possível fazer uma avaliação mais precisa, já que o aparelho permite uma aproximação de 40 vezes quando colocado próximo aos fios e ao couro cabeludo.

Os tratamentos são diversos. “Além dos exames necessários para o correto diagnóstico, realizamos tratamentos como detox capilar, máscara de argila, peeling capilar, LED vermelho e altafrequência, além de radiofrequência e corrente galvânica associada a microagulhamento”, explica.

Como a queda de cabelo geralmente é crônica, é necessário fazer manutenção. Em geral, as sessões acontecem a cada 15 dias.

Não há contraindicação, apenas os procedimentos com laser não são recomendados para gestantes.

COMO PREVENIR?

“O grande cuidado é se alimentar corretamente, dormir bem, fazer exercícios e manter uma vida saudável. Uma visita rotineira ao dermatologista é importante para o exame clínico e laboratorial a fim de corrigir deficiências nutricionais, hormonais e alguma doença sistêmica que possa estar causando a queda capilar. Além disso, o uso de produtos capilares adequados para tratar o couro cabeludo, evitar queda e estimular o crescimento do cabelo também é fundamental”, alerta o doutro Alberto Cordeiro.

Compartilhe

Alberto Cordeiro - Especialista

Vila Nova Conceição, SP
(11) 3842-2323

Feira de Santana - Bahia
(75) 98864-5022